CRIMES CURITIBA - Registro da violência em Curitiba e região metropolitana: 25/10/09 - 01/11/09

31/10/2009

Jovem morto com 3 tiros

Foto: Átila Alberti, da Tribuna do Paraná

O jovem Willian Guilherme da Silva Brezolin, 18 anos, foi assassinado durante a madrugada de sexta-feira (30/10), num terreno no final da Rua Uirapuru, na Vila Sol Nascente, bairro Capela Velha, em Araucária. Familiares contaram que há um mês o garoto saiu de casa para viver nas ruas, em busca de drogas. Willian levou pelo menos três tiros, nas costas e no braço.

30/10/2009

Morto a golpes de barra de concreto

O pedreiro Olivir Batista do Espírito Santo, 61 anos, foi morto a golpes de barra de concreto, num barracão abandonado às margens da BR-116, próximo ao trilho do trem, no Tatuquara. O corpo foi encontrado por volta das 17h de quinta-feira (29/10). Horas depois, policiais militares do 13.º Batalhão prenderam um jovem, dentro de um bar do bairro, que confessou ter cometido o crime.




Veja todos os crimes no Tatuquara

Executado no carro em frente ao bosque

Foto: Aliocha Maurício, da Tribuna do Paraná

Marcelo Srocinski de Oliveira, 30 anos, foi executado dentro de seu carro, enquanto esperava pela mulher e a filha, na Rua Luiz Gurgel do Amaral Valente, em frente a um bosque, no Bairro Novo B, Sítio Cercado. O crime aconteceu na tarde de quinta-feira (29/10). Testemunhas contaram que o assassino estava numa motocicleta prata. Marcelo levou pelo menos cinco tiros, na cabeça e no peito. A polícia acredita que o crime foi motivado por dívida.




Veja todos os crimes no Sítio Cercado

29/10/2009

Amarrado, esfaqueado e jogado no rio

Foto: Átila Alberti, da Tribuna do Paraná

O usuário de drogas Nelson Alves de Oliveira, 38 anos, foi encontrado morto na manhã de quinta-feira (29/10), no Rio Ponta Grossa, próximo à Rua Professor Naoki Kishida, na Vila Osternack, Sítio Cercado. Ele foi esfaqueado na cabeça e no peito e teve o pescoço enrolado por fios de luz. A polícia acredita que ele tenha sido morto no carreiro ao lado do rio e, depois, foi jogado na água. A mãe de Nelson contou que ele usava drogas há mais de três anos.




Veja todos os crimes no Sítio Cercado

Sequestradores mortos pela polícia

Foto: Fábio Alexandre, da Tribuna do Paraná

Sandro Denílson Bauer e Juarez Pedro Trizotto, ambos de 31 anos, sequestraram uma mulher e, após serem perseguidos, foram mortos em tiroteio com policiais da Rone, por volta das 2h de quinta-feira (29/10), na Cidade Industrial. A dupla invadiu uma casa, no Conjunto Vitória Régia, em busca de um rapaz. Como não o encontraram, os dois levaram a cunhada dele. A polícia foi informada do veículo dos bandidos e, quando o localizou, iniciou perseguição. Os marginais acessaram a PR-421, na divisa com Araucária, e entraram na Rua Roberto Kranz, na Vila Verde,onde bateram num barranco. Sandro e Juarez desceram do veículo atirando nos policiais, com uma pistola e um revólver, e foram atingidos no revide. O Siate foi chamado, mas, quando chegou, os indivíduos já estavam mortos. A refém não foi ferida.




Veja todos os crimes na Cidade Industrial

Homem morre baleado na Lapa

Um homem foi encontrado morto na quarta-feira (28/10), na localidade de Água Azul, zona rural da Lapa. Ele foi assassinado a tiros. Segundo a polícia, o corpo já estaria no local há vários dias.

Assassinado com tiros nas costas

Luiz Eduardo Rodrigues Domakowski, 31 anos, foi executado com dois tiros pelas costas, na noite de quarta-feira (28/10), em Almirante Tamandaré. Ele foi morto sobre a linha de trem da Avenida Marginal, no Jardim Roma, por volta das 20h. Luiz Eduardo morava próximo dali e trabalhava na lavanderia de um grande hospital. Ele usava drogas, mas, segundo familiares, tinha largado o vício recentemente.

Jovem fuzilado com 9 tiros

Nove tiros mataram o jovem Willian Lopes Daniel, 18 anos, no início da madrugada de quarta-feira (28/10), em Araucária. O crime aconteceu na Rua Flamingo, no Jardim Industrial. De acordo com a polícia, Willian foi baleado por um indivíduo que fugiu a pé. A arma usada foi uma pistola calibre 380.

Adolescente morto na frente de casa

Foto: Fábio Alexandre, da Tribuna do Paraná

Eduardo Teixeira Furquim, 17 anos, foi morto em frente a sua residência, na Rua das Hortênsias, Jardim Guatupê, em São José dos Pinhais. O crime aconteceu na noite de terça-feira (27/10). Segundo a polícia, alguém chamou pelo adolescente no portão. Outro rapaz, numa bicicleta, atirou em Eduardo assim que ele saiu e o acertou no rosto.

Empresário executado com tiro na cabeça

Foto: Aliocha Maurício, da Tribuna do Paraná

O dono de uma serralheria, Luiz Carlos da Luz Munhos, 36 anos, foi assassinado no início da tarde de terça-feira (27/10), na Rua José de Souza Pereira, na Cidade Industrial. Ele dirigia seu Fiesta quando foi emparelhado por um motoqueiro e levou um tiro na cabeça. Baleado, Luiz perdeu o controle do carro e arrastou a moto do marginal até prensá-la contra o portão de uma casa, na esquina com a Rua Soldado Agnaldo Gonçalves. O bandido escapou de ser prensado e fugiu a pé.




Veja todos os crimes na Cidade Industrial

28/10/2009

Jardineiro agredido por cinco rapazes

O jardineiro João Carlos Castro Nogueira de Sá, 45 anos, morreu terça-feira (27/10), no Hospital de São José dos Pinhais, após ser brutalmente agredido no Bairro Alto, em Curitiba. Ele foi espancado por um grupo de cinco rapazes, na Rua Marco Polo, na noite de 15 de outubro. João voltava a pé para casa, acompanhado da mulher, quando foi perseguido e atacado pelos marginais. A esposa contou que o jardineiro comentou algo quando passou pelos rapazes e eles pensaram que João estava falando deles, por isso resolveram agredi-lo.




Veja todos os crimes no Bairro Alto

Pai, filho e amigo executados em Pinhais

Foto: Fábio Alexandre, da Tribuna do Paraná

Triplo homicídio foi registrado na noite de terça-feira (27/10), em Pinhais. Carlos Augusto Holler, 39 anos, e seu filho, Charles Romano de Paula Holler, 19, foram assassinados na Avenida Iraí, próximo ao Autódromo Internacional de Pinhais. Minutos depois, Peterson Alves de Lima, 21, foi baleado na Rua Marrocos. Ele ainda foi socorrido, mas morreu ao dar entrada no pronto-socorro municipal. De acordo com a polícia, cinco jovens chegaram num Gol prata e atiraram em Charles. Depois, executaram seu pai. Acredita-se que Peterson, que era amigo das outras vítimas, tenha assistido ao duplo assassinato e foi perseguido pelo matadores. A polícia suspeita que o crime esteja relacionado ao tráfico de drogas.

Adolescente assassinado no bosque

O adolescente Alisson de Oliveira, 16 anos, foi assassinado com quatro tiros no Bosque São Nicolau, na Vila Sabará, Cidade Industrial. O crime aconteceu por volta de 20h15 de segunda-feira (26/10). O garoto foi atingido nas costas e no peito.




Veja todos os crimes na Cidade Industrial

27/10/2009

Garota executada com 4 tiros na cabeça

Ana Paula Fonseca dos Santos, 18 anos, foi assassinada com quatro tiros na cabeça, na tarde de segunda-feira (26/10), na Rua Agenor Antônio Rodrigues, às margens do trilho de trem que divide o Bairro Novo A da Vila Osternack, no Sítio Cercado. As informações são de que o crime teria ligação com o tráfico de drogas.




Veja todos os crimes no Sítio Cercado

Garoto assassinado após discussão boba

Foto: Átila Alberti, da Tribuna do Paraná

O garoto Rômulo Augusto Gonçalves, 15 anos, foi assassinado com um tiro no coração, dentro de um barracão na favela Cidade de Deus, num beco da Rua Lamenha Lins, próximo à esquina com a Rua Professor Porthos Velozo, no Parolin. O crime aconteceu no início da manhã de segunda-feira (26/10). Testemunhas relataram que o assassino seria o tio do menino. Familiares de Rômulo contaram que, no domingo, ele teria discutido com um primo, porque um colocava apelido no outro, e o pai teria tomado as dores do filho.




Veja todos os crimes no Parolin

Estudante surpreendido e assassinado

Foto: Fábio Alexandre, da Tribuna do Paraná

O estudante Willian Braga, 18 anos, foi morto com cerca de cinco tiros, no início da madrugada de segunda-feira (26/10), em frente à Vila Tripa, no Umbará. Ele e dois amigos caminhavam pela Rua Nicola Pellanda e foram surpreendidos por dois indivíduos, na esquina com a Rua Ângela Navarini Scotti. Os marginais saíram de trás de um muro e atiraram nos três amigos. Willian morreu no local. Outro jovem foi baleado e internado no Hospital do Trabalhador. O terceiro amigo fugiu e escapou dos tiros.




Veja todos os crimes no Umbará

26/10/2009

Morre adolescente baleado na cabeça

Foto: Fábio Alexandre, da Tribuna do Paraná

O adolescente Jeferson Luiz da Silva, 17 anos, não resistiu ao ferimento causado pelo tiro que levou na cabeça, na noite de quinta-feira (22/10), no Pilarzinho, e morreu no Hospital do Trabalhador, no domingo (25/10). O crime aconteceu por volta das 23h40, quando o garoto conversava com amigos na esquina da Rua Jornalista Geraldo Russe com a Rua Antônio Petruziello, no Jardim Kosmos. Um indivíduo se aproximou do grupo, atirou no adolescente, por trás, e fugiu.




Veja todos os crimes no Pilarzinho

Morre no hospital vítima de agressão física

O coletor Valdinei de Bastos Assis, 35 anos, morreu no Hospital do Trabalhador, no domingo (25/10), vítima de agressão física. Ele foi espancado na noite de sexta-feira (23/10), e encontrado na manhã seguinte, caído numa valeta da Rua Alda Bassetti Bertoldi, no Campo de Santana. Levado ao hospital pelo Siate, o rapaz não resistiu aos ferimentos.




Veja todos os crimes no Campo de Santana

Encontrado morto na represa

Foto: Daniel Caron, da Tribuna do Paraná

O corpo de um homem, identificado extraoficialmente como Cleverson Pereira, de aproximadamente 35 anos, foi encontrado boiando próximo da margem da represa do Passaúna, na Rua Mato Grosso, bairro Ferraria, em Campo Largo. Ele foi visto por um pescador, por volta das 9h de domingo (25/10). A vítima tinha um ferimento na cabeça, provocado por tiro, e estava com uma fratura exposta na perna esquerda.

Agredido morre no hospital

O servente José Carlos Godoi, 25 anos, morreu no Hospital Angelina Caron, na manhã de domingo (25/10), vítima de agressão física. As informações são de que ele foi espancado por dois ou três indivíduos, no bairro Jardim Nova Campina, em Campina Grande do Sul. O crime aconteceu no domingo anterior (18/10).

Cabeça rachada com golpes de facão

Foto: Daniel Caron, da Tribuna do Paraná

Flávio dos Santos Barbosa, 33 anos, foi assassinado com golpes de facão quando voltava para casa, por volta de 4h de domingo (25/10), em Almirante Tamandaré. O crime aconteceu no final da Rua 4, no Jardim Ipê. Com a violência da agressão, a cabeça do rapaz foi partida ao meio. Populares contaram que Flávio esteve numa festa durante a madrugada, mas não há informações de que ele tenha se desentendido com alguém no local.

Baleado na volta do boteco

O pedreiro Luiz Carlos Antunes, 30 anos, morreu na manhã de domingo (25/10), após ser baleado na Rua Estácio de Sá, no Jardim Pioneiro, em Campo Magro. O crime aconteceu quando Luiz voltava de um boteco. Ele encontrou um homem na rua e os dois começaram a discutir, até que o inimigo atirou duas vezes no peito do pedreiro. Luiz foi socorrido em uma ambulância do município, mas morreu a caminho da unidade de saúde.

Pedreiro morto com quatro tiros

O pedreiro Marcos Pereira, 31 anos, morreu após levar quatro tiros, no Jardim Dona Naime, em São José dos Pinhais, na noite de sábado (24/10). Ele foi baleado por volta das 22h, na Rua Júlio José D'Ávila Júnior, e foi encaminhado ao Hospital de São José. Porém, não resistiu e morreu em seguida.

Presidiário executado na casa do pai

O presidiário Wagner Alves Pereira, 26 anos, foi assassinado na casa do pai dele, na Rua Estácio de Sá, Jardim Bela Vista, Piraquara. O crime aconteceu por volta das 23h30 de sábado (24/10). Segundo a família, o rapaz havia saído de portaria da Colônia Penal Agrícola (CPA), onde cumpria pena por tráfico de drogas.

Morre baleado ao volante

Foto: Fábio Alexandre, da Tribuna do Paraná

Luiz Antônio do Nascimento, 22 anos, morreu baleado por volta de 23h15 de sábado (24/10), quando dirigia um Gol pela Rua Antônio Andriguetto, quase na esquina com a Rua América da Costa Sabóia, Uberaba. Ele levou um tiro na cabeça e morreu na hora. O carro, desgovernado, subiu na calçada e bateu numa árvore. Testemunhas disseram à polícia que os autores estavam de bicicleta.




Veja todos os crimes no Uberaba

Assassinado durante torneio de futebol

Briga de gangues resultou na morte de André Luis de Andrade, 26 anos, na tarde de sábado (24/10), em Campo Largo. Por volta das 16h40, era realizado um torneio de futebol no Centro Esportivo Colombinho, no bairro Botiatuva, quando iniciou-se uma confusão entre grupos rivais. Houve tiroteio e André foi morto com vários tiros de calibre 12.

Executado debaixo da cama

O vendedor Elienai Ribeiro de Souza, 43 anos, foi perseguido e assassinado, por volta das 13h45 de sábado (24/10), no Pinheirinho. Na tentativa de escapar de seu algoz, ele correu por uma quadra e entrou numa residência da Rua Pastor Osório de Freitas. Lá, se escondeu debaixo da cama, mas foi encontrado e executado a tiros.




Veja todos os crimes no Pinheirinho

Leva 7 tiros e morre no hospital

Baleado no município de Fazenda Rio Grande, Claudinei Gomes de Oliveira, 26 anos, morreu no sábado (24/10), no Hospital Evangélico. O crime aconteceu no sábado anterior (17/10), na Travessa Rio Ribeira, no bairro Iguaçu. Claudinei levou sete tiros.

Executado e enrolado em cobertor

Foto: Aliocha Maurício, da Tribuna do Paraná

O servente Diego Alberto Anderle, 21 anos, foi encontrado morto na Rua Vereador Ângelo Burbello, próximo à BR-116, no Campo de Santana, na manhã de sábado (24/10). Ele estava embrulhado num cobertor amarrado com cadarços de tênis. A perícia apurou que a vítima levou um tiro à queima-roupa atrás da orelha esquerda e também foi esfaqueado no peito.




Veja todos os crimes no Campo de Santana

Policial civil morto em tiroteio com PMs

Foto: Aliocha Maurício, da Tribuna do Paraná

O papiloscopista da Polícia Civil, Gilvane Rosa, 33 anos, morreu na manhã de sábado (24/10) ao trocar tiros com policiais militares do 20.º Batalhão, dentro de uma casa, na Rua Vicente de Carvalho, no Cajuru. As informações são de que ele estava na residência, com dois amigos, desde às 2h, consumindo cocaína. Mais tarde, Gilvane saiu e voltou por volta das 7h30, bastante transtornado e ameaçando os amigos com uma pistola. Ele agrediu um deles com uma coronhada, enquanto o outro chamou a polícia. O confronto aconteceu quando os policiais entraram no sobrado e foram recebidos a tiros pelo papiloscopista. No revide, Gilvane foi atingido no peito e morreu em instantes.




Veja todos os crimes no Cajuru

Batem palmas no portão e executam morador

O eletricista Aparecido de Souza Costa, 53 anos, foi assassinado com três tiros no peito, na Rua Rio Guaporé, bairro Jardim Esmeralda, em Colombo, na noite de sexta-feira (23/10). Por volta das 23h, dois homens bateram palmas no portão da casa e chamaram Aparecido pelo nome. O homem saiu para atender e foi baleado.

Morto a facadas em apartamento

O comerciante e ex-funcionário público, Carlos Alberto Onório, 39 anos, foi encontrado morto a facadas dentro de um apartamento da Rua Treze de Maio, no centro de Curitiba, no final da noite de sexta-feira (23/10). Segundo a polícia, sumiram a carteira e dois celulares da vítima.




Veja todos os crimes no Centro